A Audi aumentou a capacidade da bateria das versões híbridas plug-in dos modelos Q5, A6 e A7 Sportback, e lançou na Europa o A6 Avant 50 TFSIe Quattro, que passa a ser a entrada de gama PHEV neste modelo.

A Audi atualizou as versões híbridas plug-in dos modelos Q5, A6 e A7 Sportback com a introdução de uma bateria com maior capacidade para possibilitar uma maior autonomia em modo elétrico, além de diminuir as emissões.

A nova bateria tem uma capacidade total de 17,9 kWh em vez dos anteriores 14,1 kWh. Isto permite aumentar a autonomia para até 91 quilómetros em ciclo NEDC ou para até 73 quilómetros em ciclo WLTP.

A Audi refere que a dimensão da bateria não sofreu alterações, mas passa a contar com um carregador com uma potência de 7,4 kW, permitindo recuperar a capacidade total em 2h30.

Juntamente com a atualização da bateria, a Audi lançou na Europa o A6 Avant 50 TFSIe Quattro, que passa a ser a versão de entrada das versões PHEV deste modelo. A linha motriz eletrificada combina um motor a gasolina de 2,0 litros de injecção direta e um motor elétrico de 140 cv, disponibilizando uma potência combinada de 299 cv e um binário de 450 Nm.

Estes cinco modelos híbridos plug-in da Audi recebem um novo modo de carregamento “Charge”, que se vem juntar aos modos já existentes “EV”, “Auto” e “Hold”. A nova opção permite o carregamento da bateria pelo motor de combustão durante a condução, antes da chegada a determinadas zonas de emissões zero.

As versões híbridas plug-in do Q5, A6 Sedan e A7 Sportback continuam disponíveis em dois níveis de potência: 50 TFSIe com 299 cv e 55 TFSIe com 367 cv. As duas versões utilizam um motor a gasolina de quatro cilindros de 2,0 litros em combinação com um motor elétrico e uma caixa de dupla embraiagem de sete velocidades.

O conteúdo Q5, A6 e A7 Sportback. Audi aumenta capacidade da bateria de híbridos plug-in aparece primeiro em Turbo.

Ler Mais em: Revista Turbo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.